A gestão de escritório de advocacia e importância para o sucesso da causa

A gestão de escritório de advocacia e importância para o sucesso da causa

gestao-de-escritorio-de-advocacia

Saiba mais sobre a gestão de escritório de advocacia e como isso influi no sucesso da causa.

Um escritório de advocacia de qualidade deve se preocupar não apenas com a defesa em processos judiciais, pois isso é o básico e é a obrigação de todo advogado. Na realidade, um escritório de advocacia deve pensar em uma gestão que vá além, que ultrapasse o que é previsto e que ofereça ao cliente serviços jurídicos que abranjam mais áreas que possam auxiliar as empresas.

Gestão de escritório de Advocacia : A gestão jurídica e a organização interna

Como toda pessoa jurídica, os escritórios de advocacia devem ter uma boa gestão administrativa, financeira e, claro, organizacional.

Para alguns serviços que são prestados por um advogado será necessário que o cliente apresente algum documento específico, a fim de viabilizar o ajuizamento de uma ação, por exemplo. São os documentos os principais meios de prova para que as pessoas tenham reconhecidos os direitos que apresentam em juízo. Esses documentos muitas vezes são elementos de prova em uma ação judicial.

Além disso, há a necessidade de controle de prazos processuais e de protocolização destes nos órgãos competentes – afinal, de que serve a melhor defesa do mundo se ela não for devidamente entregue a tempo e modo devidos?

A Controladoria Jurídica

Existe um órgão interno responsável pela gestão operacional de um escritório de advocacia que é a Controladoria Jurídica.

Ela é responsável por todos os atos de backoffice tais como controle de publicações, marcação de prazos, obtenção de cópias, arquivamento de documentos etc.

Imagine você que o escritório de advocacia funciona como um aeroporto: de que adianta possuir os melhores aviões do mundo se não existir um controle de tráfego eficiente, que decida quem decola e quem posa e quando isso ocorrerá?

A Controladoria Jurídica tem justamente essa função: definir os procedimentos internos que garantam a segurança dos procedimentos, já que não é apenas pelo  conhecimento técnico do advogado que se vence uma causa.

Controle de prazos e protocolos

Você já deve ter ouvido falar de alguém que tinha uma causa “ganha” mas perdeu o processo por perda de prazo. Isso é um problema de gestão do escritório de advocacia.

A diligência na condução de uma causa é tão ou mais importante que o conhecimento técnico em si. Deixar de cumprir prazos em um processo judicial significa perder o direito de se defender – mesmo que ele seja “líquido e certo” (no jargão popular, “causa ganha”).

Além disso, é essencial que exista o controle de protocolos, que é a entrega do ato processual no órgão competente. Não é raro ouvirmos casos de que uma petição foi feita – e muitas vezes bem elaborada – mas não foi devidamente protocolizada, não produzindo efeitos jurídicos.

Manutenção de arquivo físico e digital

É essencial também que o escritório crie e mantenha um sistema de organização de seus arquivos físicos e digitais, e isso faz parte de uma boa gestão de escritório de advocacia.

É necessário um sistema que consiga identificar quando o documento foi entregue ao escritório, onde está arquivado, qual o número da pasta, o nome do cliente, o processo ao qual está vinculado – se houver – enfim, é importante que o documento seja arquivado com dados para que seja possível identificar a quem pertence.

Isso permite um melhor manuseio dos documentos por parte do escritório e traz, aos clientes, a segurança de saber que seus documentos estão arquivados de forma segura e adequada.

É de grande importância que se mantenha um controle organizacional sobre os arquivos físicos, sobretudo os originais, atendendo às exigências de qualidade total dos serviços prestados.

Da mesma forma, a organização, o arquivamento e o cadastro de todos os documentos digitais recebidos pelos integrantes do escritório também se mostram imprescindíveis ao desfecho de um processo, tendo em vista a importância desses documentos para a prestação dos serviços jurídicos.

É relevante que o escritório mantenha um banco de dados que possa armazenar todos os documentos repassados por seus clientes, seja pela via eletrônica, seja pela via física, até mesmo para aumentar o nível de controle dos dados que estão aos cuidados de seus advogados.

Conclusão sobre  a gestão de escritório de advocacia

A verdade é que o conhecimento técnico é um dos fatores que contribuem para o sucesso de uma ação judicial. Mas além dele, existe todo um trabalho de backoffice que muitas vezes não é percebido pelo cliente. 

A gestão de um escritório de advocacia passa por todos esses controles citados exemplificativamente, pois são eles os responsáveis para que o conhecimento técnico de qualidade gere efeitos práticos na vida da empresa.

Assim, é primordial estar atento à qualificação dos advogados que compõem a banca, mas também  é importante verificar a gestão organizacional, uma vez que esse é um fator que assegura o correto andamento dos atos processuais e a manutenção de documentos importantes para o cliente.

Se você se interessou pelo assunto, venha nos fazer uma visita e conhecer um pouco mais sobre os nossos processos internos de controladoria e como é feita a gestão de nosso escritório de advocacia.

Esperamos você tenha esclarecido suas principais dúvidas a respeito deste assunto e por isso separamos outros textos que talvez possam lhe interessar:


Gostou desse artigo? Receba as novidades mais recentes para reduzir seus riscos jurídicos informando seu email abaixo:

 

Você Tem Uma Dúvida Específica em Sua Empresa?
Pergunte para a Gente, É Grátis:

Preencha o formulário abaixo para entrar em contato agora!