Serviços jurídicos como chave para alavancar os negócios da empresa

Serviços jurídicos como chave para alavancar os negócios da empresa

servicos-juridicos

Entenda melhor como funcionam os serviços jurídicos e como podem auxiliar no crescimento do seu empreendimento

Com a constante movimentação do mercado, existe uma enorme demanda pelos serviços jurídicos nas empresas de pequeno a grande porte. Isso também ocorre devido à complexidade dos fatores administrativos.

Elaboração e finalização de contratos com parceiros ou clientes, admissão e demissão de funcionários, relações de consumo, atos administrativos são alguns exemplos de fatores que fazem necessários os serviços jurídicos.

Algumas empresas acabam acionando o advogado apenas quando o problema já está estabelecido, ou seja, quando a empresa já foi citada para se defender em um processo judicial. Este é um grande erro por parte dessas empresas.

No entanto, esse costume já começou a mudar, principalmente nas empresas que se preocupam não somente com o momento presente, mas também com o amanhã. Por isso, a assessoria jurídica especializada está ganhando cada vez mais espaço no mundo corporativo.

Gastos como pagamento de multas decorrentes de autuações, custas processuais e administrativas, honorários advocatícios, etc, poderiam ser evitados com uma simples orientação jurídica. Esses incalculáveis prejuízos ainda são experimentados pelas empresas mais desavisadas.

É evidente que cabe aos sócios, diretores, responsáveis prestar os serviços jurídicos para a empresa, não permitir que o empreendedor cometa erros tão ultrapassados. Costuma ser grande o prejuízo das empresas por não possuir uma assessoria jurídica especializada que lhe ajude a prevenir problemas.

Quais são os benefícios dos serviços jurídicos?

servicos-juridicos

Redução de custos

Um dos benefícios é a economia de recursos ao evitar que surjam as demandas judiciais.

Quanto menos custos a empresa tiver, mais capital de giro terá para reinvestir em treinamento dos funcionários, equipamentos de ponta, manutenção, estrutura física, marketing, software de gestão, etc. E quanto mais puder reinvestir, mais qualificada se torna a empresa – e com mais facilidade poderá despontar no mercado.

A economia de custos surge então como a menina dos olhos de cada empreendedor que busca alavancar seus negócios. Então, por que não apostar em serviços jurídicos de natureza preventiva e não apenas quando já for inevitável?

Outro benefício que se pode elencar é a facilidade em manter uma contabilidade segura, podendo assim calcular com mais precisão a margem de lucro ou possíveis investimentos.

Não há dúvidas quanto à imprescindibilidade de um serviço contábil para auxiliar a empresa na observância de seus deveres contábeis e fiscais. No entanto, contar com serviços jurídicos que atuem em parceria com sua contabilidade é um diferencial já que os serviços são intimamente ligados.

Essa ação conjunta permite que não só erros contábeis e fiscais sejam evitados, mas também que seja possível a recuperação de créditos tributários já pagos e que podem ser questionados na Justiça e ressarcidos à empresa no futuro.

Evitar a exclusão do Simples Nacional

Outra situação é evitar, por exemplo, de a empresa ser excluída do Simples Nacional em razão da cobrança de créditos tributários feita ilegalmente pela Receita Federal.

Se a cobrança for feita de forma ilegal ou inconstitucional, isso pode causar grandes prejuízos para a empresa, que terá que pagar todo o valor exigido, caso não questione a cobrança judicialmente.

Por isso, a avaliação preventiva de um advogado especialista na área evita que a empresa seja prejudicada indevidamente.

Análise prévia de contratos 

Da mesma forma, o auxílio preventivo evita que contratos sejam assinados com cláusulas abusivas, que acabem gerando para a empresa uma obrigação de pagar valores absurdos a título de juros e multas com valor muito mais elevado que o permitido.

Pode-se ainda afirmar como benefício a redução da preocupação do empreendedor, dedicando-se assim, em maior intensidade, a outras tarefas.

Redução da demanda contenciosa com os serviços jurídicos

É fato que, tendo acesso a serviços jurídicos sempre que precisar, como parte de um só contrato, as preocupações do empreendedor se reduzem e o foco no negócio aumenta. Isso porque o empresário estará seguro de que, sempre que precisar, poderá recorrer aos serviços sem a majoração substancial dos custos, que já estarão devidamente previstos no contrato.

Além disso, ressaltamos ainda o quesito diminuição da demanda contenciosa como consequência da contratação dos serviços jurídicos. A orientação jurídica não se presta apenas a resolver problemas já existentes ou amenizá-los, mas também a evitar que esses ocorram e cheguem ao ponto de prejudicar a empresa – uma única ação judicial pode quebrar uma empresa, dependendo do volume discutido!

Ressaltamos que a orientação jurídica é importante também para saber quais são ou não os deveres trabalhistas do empregador. Isso evita futuras ações judicias de exempregados contra a empresa.

Portanto, é indiscutível que poder contar com serviços jurídicos de qualidade diminui os gastos e facilita a geração de novas oportunidades de negócio para uma empresa.

E isso está mais do que provado através da análise das empresas que já possuem este tipo trabalho em desenvolvimento, estando à frente das demais, pelo menos no que se diz respeito à organização e ao planejamento administrativo.

A lição número 1 do empreendedorismo e do sucesso é, justamente, organização e planejamento administrativo – o que é substancialmente facilitado quando se pode contar com serviços jurídicos de natureza preventiva.

Esperamos você tenha esclarecido suas principais dúvidas a respeito deste assunto e por isso separamos outros textos que talvez possam lhe interessar:


Gostou desse artigo? Receba as novidades mais recentes para reduzir seus riscos jurídicos informando seu email abaixo:

Você Tem Uma Dúvida Específica em Sua Empresa?
Pergunte para a Gente, É Grátis:

Preencha o formulário abaixo para entrar em contato agora!